RSS

Arquivo da tag: Google

Fale e vista uma roupa legal, estamos gravando você. Beijo, Facebook e Google!

webcam-spying

Não é nenhuma novidade que a cada dia nós estamos com menos privacidade na internet.
E quando tudo isso sai do nosso computador e nos segue através dos smartphones? Você sabia que você pode estar carregando um GPS pessoal aonde o destino é você?
Pois é, nas últimas semanas muita coisa vem mudando, já era sabido que o Google escutava a sua voz quando você utiliza essa função no Android, agora é a vez do Facebook ir mais adiante. E aí você pode até perguntar, mas é preciso que eu use o telefone, não é? A resposta é simples: NÃO! Basta que seu celular esteja com o aplicativo Facebook ativado.
Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de setembro de 2016 em Informática, Privacidade

 

Tags: , , , ,

Smartphone grava as conversas dos usuários sem que estes saibam

gravacao_telefone-t1200x480

Não é novidade, já que desde 2015 uma página da Google mostra diversos arquivos de áudio que ela armazena sobre você. Sim: o seu smartphone escuta o que você fala ao redor dele, mesmo que você não tenha ativado o microfone ou o Google Voice por conta própria. E sabe o pior? Ele pode até gravar o que você está conversando.

De acordo com a Google, o armazenamento de suas conversas serve para melhorar as ferramentas de reconhecimento de idioma. Ou seja, a gravação de suas falas serve para os usuários do Google Translate ouvirem “melhor” as traduções, como exemplo.

Quer checar quais conversas e áudios a Google gravou no seu smartphone? Vá até essa página, chamada “Minha atividade”, da própria companhia. Felizmente, ela permite que você delete arquivos de áudio passados e até bloquear futuras gravações. Será mesmo?

Para bloquear futuras gravações de suas conversas, clique aqui e, depois, clique no botão ao lado de “Atividade de voz e áudio”.

OBS: Ao criar uma conta nos serviços da Google os usuários concordam que seus dados sejam coletados pela empresa. Pense nisso!

 

Fonte: tecmundo

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de setembro de 2016 em Informática, Privacidade

 

Tags: , , ,

Imagem

Reflitamos…

Google

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de julho de 2016 em Informática, Privacidade

 

Tags: , , ,

O que Google sabe sobre os usuários

Google

Até onde vão as informações que a  Google detém sobre nós? O fato é que tudo aquilo que conseguimos imaginar parece ser pouco. Pelo menos é essa a conclusão à qual se pode chegar quando experimentamos a sua nova ferramenta: My Activity. Trata-se de um serviço que registra de forma cronológica todo o percurso do usuário em que algum serviço da empresa (Google, Chrome, Android, Gmail, Google Maps…) esteja envolvido, e, considerando a onipresença na web da empresa fundada por Sergey Brin e Larry Page, é praticamente impossível esconder os seus rastros.

O serviço tem de ser ativado pelo próprio usuário, é verdade, mas o fato é que a única coisa que ele faz é dar a sua autorização para que todas as informações registradas pelo buscador sejam visíveis (apenas pelo próprio usuário). Ou seja: queiramos ou não, o Google grava em seus servidores todos os passos do usuário, para depois fornecer esse percurso, por meio dessa ferramenta, a quem o desejar.

Continue lendo aqui: http://brasil.elpais.com/brasil/2016/06/30/tecnologia/1467279302_573519.html

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de julho de 2016 em Privacidade

 

Tags: , , ,

Google é processada em R$ 34 bilhões por uso indevido do sistema Java no Android

google_justica

Oracle processou Google em cerca de U$ 9.3 bilhões (cerca de R$ 34 bilhões) pelo uso do Java no sistema operacional Android. A ação teve início em 2010, com a empresa de banco de dados afirmando que o Google deveria pagar licença para utilizar partes da tecnologia desenvolvida pela Oracle no Android.

Essa não é a primeira vez que as duas empresas tentam resolver essa situação. Em 2012, as companhias foram ao tribunal, mas o juiz não tomou uma decisão final por causa de uma questão levantada na sessão que alegava que o Java poderia ser utilizado pela Google em algumas circunstâncias limitadas.

Segundo um relatório de um especialista contratado pela Oracle, as violações cometidas pela Google contemplam US$ 475 milhões (cerca de R$ 1,7 bilhão) em quebra de direitos autorais e US$ 8,8 bilhões (cerca de R$ 32 bilhões) pelo lucro obtido da gigantes dos buscadores com o Android.

O valor só é alto desse jeito porque a discussão acabou chegando a esferas jurídicas, com o valor sendo dez vezes maior do que no último encontro em 2012. Para rebater a soma astronômica, a Google também contratou um especialista para contra atacar dizendo que o valor não deveria ser tão alto assim.

No primeiro julgamento sobre a questão, o juiz entendeu que um copyright foi violado pela Google, quando a empresa usou cerca de 37 interfaces de Java no Android. Mais tarde, porém, o juiz considerou que APIs não são elegíveis de benefícios de direitos autorais nos Estados Unidos, em decisão desfavorável para a Oracle, que recorreu à Suprema Corte norte-americana.

A decisão causou estranhamento, uma vez que a base do sistema Android acaba sendo a tecnologia desenvolvida pela Oracle e utilizada pela Google sem licença.

De um lado temos a Oracle, que busca reaver seus direitos, e do outro temos a Google, que afirma que não cometeu nenhuma irregularidade. Isso sem falar que a Oracle também acusa a gigante dos buscadores de ter acabado com o mercado para o Java, que era o maior triunfo da empresa de banco de dados.

Com informações de Computerworld e Canaltech.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de março de 2016 em Informática

 

Tags:

Google nos vigia

Google.Vigia

Google monitora praticamente todos os seus passos na internet. O que nem todo mundo sabe é que é possível saber o que a empresa guarda sobre seus usuários e o quanto ela sabe ou deduziu sobre o seu perfil online, com base no seu comportamento.

Google usa as informações que tem sobre o usuário para oferecer anúncios direcionados para o seu perfil. Para isso, ele o encaixa em diferentes categorias de gostos. O usuário pode descobrir em quais categorias se encaixa neste link:

http://www.google.com/settings/ads/

Uma das coisas mais assustadoras que o Google faz é manter um registro detalhado de sua localização. Isso acontece quando o usuário tem um smartphone e permite que a empresa tenha acesso a este tipo de informação para melhorar serviços como o Google Now.

Recentemente, a empresa também passou a transformar o histórico de localização em um recurso dentro do Maps, que destaca viagens que o usuário tenha feito e fotos que tenha tirado em determinado local. Assim, a ferramenta é uma forma de monitorar praticamente todo seu movimento. O usuário pode ver as informações que a empresa tem sobre sua localização no link abaixo:

https://maps.google.com/locationhistory

Na parte inferior, o usuário pode clicar em Pausar histórico de localização se não estiver confortável compartilhando este tipo de dado e também pode apagar todo o seu histórico clicando no ícone da engrenagem no canto inferior direito e selecionando Excluir todo o histórico de localização.

Para desespero de muitos, Google também registra tudo o que o usuário pesquisa com dados detalhados sobre quais sites este mais acessou a partir das buscas realizadas. Não guarda apenas suas buscas, mas basicamente TODA a sua atividade vinculada a uma conta do Google:

https://www.google.com/history/

Também é interessante observar que se o usuário tem o hábito de realizar pesquisas por voz, seja pelo desktop, seja pelo celular, também tem seu histórico de buscas guardado, com direito a uma gravação da sua voz fazendo a pesquisa:

https://history.google.com/history/audio?hl=pt-BR

Para recomendar novos vídeos, o YouTube guarda informações sobre o que o usuário procura e o que de fato assiste no serviço:

https://www.youtube.com/feed/history/search_history

Se tens uma conta Google e quiser ver tudo o que você já assistiu no serviço, acesse:

https://www.youtube.com/feed/history

 

Fonte: Olhar Digital

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de janeiro de 2016 em Informática, Privacidade

 

Tags: , , ,

ONG de direitos digitais acusa Google de rastrear estudantes nos EUA

google_justicaA Eletronic Frontier Foundation, ONG americana de direitos digitais, apresentou uma queixa contra a Google na Comissão Federal do Comércio dos EUA e quer uma investigação federal pelo fato de a empresa coletar e minerar dados pessoais de estudantes, e de suas buscas na internet.

Segundo a EFF, as ferramentas educacionais da Google, usadas em escolas americanas para alunos a partir de 7 anos, permitem “rastrear, armazenar em seus servidores e minerar para propósitos não publicitários registros de todos sites visitados na internet, todas as buscas, os resultados ‘clicados’, vídeos procurados e assistidos no YouTube, e as senhas salvas”.

Continue lendo aqui: http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=41284&sid=18

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de dezembro de 2015 em Informática, Privacidade

 

Tags: , , ,