RSS

Arquivo da categoria: Informática

Por que precisamos da criptografia

Em tempos de vigilância e controle, cresce interesse pela CryptoRave — evento anual que difunde técnicas e ferramentas para garantia de privacidade. Festival ocorrerá em 5 e 6/5, em SP

Por Marina Pita

O avanço tecnológico permitiu o avanço da vigilância em massa a um baixo custo. Suas pesquisas na internet, praticamente seus pensamentos – e não apenas a comunicação entre duas pessoas – estão sendo registrados em enormes bancos de dados. As movimentações, as formas de teclar, as formas de navegar em telas touch. Tudo armazenado. Mesmo na América Latina, onde os governos têm menos recursos e nem tanta tradição em agências de espionagem, as compras de tecnologia para fins de vigilância aumentam, ao mesmo tempo em que avançam iniciativas de proibição e criminalização da criptografia. Este cenário é ainda mais complexo se considerarmos que grande parte da população não tem capacidade de lidar com questões tecnológicas básicas e mal consegue alterar as configurações de privacidade básicas de dispositivos eletrônicos e redes sociais.

O relatório Latin America in a Glipse 2016, da organização Derechos Digitales, salienta esta tendência. No Brasil, a realização de eventos esportivos foi o pretexto para a aquisição de equipamentos e softwares de vigilância maciça que se transformaram nas “salas de controle operacional”, exigência da Fifa. No México, o governo pagou US$ 15 milhões de dólares no software de vigilância Pegasus. No Peru, um plano estatal de interceptação de comunicações foi iniciado em 2015. O governo pagou US$ 22 milhões à Verint por um software capaz de interceptar chamadas telefônicas, mensagens de texto, e-mails, chats e histórico de navegação da Web.

Continue lendo aqui: http://outraspalavras.net/blog/2017/04/24/por-que-precisamos-da-criptografia/

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de abril de 2017 em Informática, Privacidade, Serviço Social

 

Tags: , , ,

Lava-jato e a Criptografia usada a favor da corrupção

O esquema envolvia o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e seus doleiros:

  • Os doleiros se comunicavam pelo extinto MSN, mas toda a comunicação era criptografada com o uso do Pidgin e de um plugin de criptografia que usa o protocolo OTR (Off-the-Record Messaging);
  • Para troca de mensagens por e-mail, na verdade eles compartilhavam uma conta no Gmail e criavam mensagens de rascunho que nunca eram enviadas e, portanto, não poderiam ser interceptadas. As mensagens e documentos (planilhas, boletos, etc) eram mantidos na pasta de rascunhos da conta do GMail;
  • Os arquivos que baixavam eram armazenados em um pendrive com esteganografia. Os documentos, como planilhas de Excel que eram usadas para o controle de pagamentos e recebimentos, eram guardados em uma partição escondida em pendrives (com senha) e eram fisicamente destruídos após o uso.

Continue lendo aqui: https://tecnoblog.net/211475/lava-jato-operacao-eficiencia-criptografia/

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de abril de 2017 em Informática, Privacidade

 

Tags: , , ,

Curso Gratuito EaD LibreOffice para Servidores Públicos

A Pró-Reitoria de Extensão da UFRJ está com inscrições abertas gratuitas para o Curso LibreOffice 5.3 em EaD para servidores públicos federais, estaduais e municipais.
Inscrições: http://profos.pr5.ufrj.br/index.php/cursos/10-libreoffice-basico-a-distancia

 
2 Comentários

Publicado por em 6 de abril de 2017 em Informática, Software Livre

 

Tags:

MiniDebConf Curitiba 2017 – Um breve relato

Com esta segunda edição da MiniDebConf Curitiba, o evento se consolida como o principal encontro da comunidade brasileiras de usuários e desenvolvedores Debian.

De 17 a 19 de março de 2017 foi realizada a segunda edição da MiniDebConf Curitiba 2017 no Campus central da UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, em Curitiba – PR.

No dia 17 (sexta-feira) o evento aconteceu das 14:00h às 19:00h no miniauditório, iniciando com a abertura oficial da MiniDebConf Curitiba 2017 seguida de 03 palestras. Nos dias 18 e 19 (sábado e domingo) as atividades aconteceram das 10:00h às 19:00h paralelamente em ambientes diferentes: no miniauditório, em uma sala ao lado da secretaria e em dois laboratórios.

Números da edição 2017

Durante os três dias de evento aconteceram diversas atividades para todos os níveis de usuários e colaboradores do projeto Debian. A programação oficial foi composta de:

  • 16 palestras de todos os níveis;
  • 06 oficinas para atividades do tipo mão na massa;
  • 06 lightning talks sobre temas diversos;
  • Install fest para instalar Debian nos notebook dos participantes;
  • BSP (Bug Squashing Party – Festa de Caça à Bugs) que colaborou na resolução de alguns bugs críticos e consequentemente foi uma preciosa contribuição da comunidade brasileira para o lançamento da versão 9 – codinome Stretch, que deve acontecer em breve.

Os números finais da MiniDebConf Curitiba 2017 são os seguintes:

  • Total de pessoas inscritas: 342
  • Total de pessoas presentes: 143

Dos 143 participantes, 12 eram contribuidores oficiais brasileiros sendo 7 DDs (Debian Developers) e 5 (Debian Maintainers). A organização foi realizada por 9 pessoas que começaram a trabalhar ainda no final de 2016 e 22 voluntários que ajudaram durante o evento.

A diferença entre o número de pessoas inscritas e o número de pessoas presentes provavelmente se explica pelo fato de não haver cobrança de inscrição, então se a pessoa desistir de ir ao evento ela não terá prejuízo financeiro.

Uso de redes sociais livres

Desde o início da organização da MiniDebConf Curitiba 2017 usamos as redes sociais livres para divulgar o evento. Além dessa divulgação prévia, tínhamos como meta fazer uma cobertura durante o evento publicando noticias e fotos nas redes sociais livres para ajudar a gerar conteúdo e levar para mais pessoas para elas.

Com a ajuda de voluntários, conseguimos atingir parcialmente esse objetivo porque infelizmente a rede diaspora.softwarelivre.org ficou offline três dias antes do início da MiniDebConf, e a rede identi.ca ficou fora do ar no segundo dia. Veja as pulblicações que fizemos e aproveite para se inscrever nas redes:

Continue lendo aqui: http://softwarelivre.org/debianbrasil/blog/minidebconf-curitiba-2017-um-breve-relato

 
1 comentário

Publicado por em 31 de março de 2017 em Informática, Palestras, Serviço Social, Software Livre

 

Tags: , ,

Como instalar o programa IRPF 2017 em sua distribuição GNU

Para fazer sua declaração em sua distribuição GNU é preciso instalar o programa gerador da declaração (IRPF), que está disponível na página da Receita Federal em versões para vários sistemas operacionais:

receita_federal_2017

Para baixar e instalar o programa em sua distribuição GNU siga estes passos:

Passo 1: Acesse https://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2017/download/outros-sistemas-operacionais e escolha a versão de sua distribuição GNU (32 BITS ou 64 BITS):

irpf_2017

Passo 2: Clique em Programa IRPF 2017 e baixe o arquivo;

irpf_64

Passo 3: Após baixar, acesse pelo terminal o diretório onde o programa foi baixado e dê permissão de execução ao programa com o seguinte comando:

chmod +x IRPF2017Linux-x86_64v1.0.bin

Passo 4: Em seguida, instale com o seguinte comando:

sudo ./IRPF2017Linux-x86_64v1.0.bin

Passo 5: Na primeira tela, clique em “Sim”:

captura-de-tela-de-2017-03-03-112556

Passo 6: Na próxima tela, clique em “Avançar”:

captura-de-tela-de-2017-03-03-112735

Passo 7: Aceite a opção padrão ou escolha outro local de sua preferência e em seguida clique em “Avançar”:

captura-de-tela-de-2017-03-03-112903

Passo 8: Clique em “Avançar”:

captura-de-tela-de-2017-03-03-113117

Passo 9: Para finalizar a instalação, clique em “Concluir”:

captura-de-tela-de-2017-03-03-113341

Após este passo, basta abrir o programa:

tela_irpf_2017

 

 
 

Tags:

Para Europa, Windows 10 ainda coleta muitos dados pessoais dos usuários

windows10O grupo de agências europeias de proteção de dados pessoais avalia que o sistema operacional Windows 10 ainda deixa a desejar na proteção à privacidade. Um ano depois de pedir mais informações e providências à Microsoft, o Grupo de Trabalho do Artigo 29 diz que mesmo com as alterações propostas, continua preocupado.

Continue lendo aqui: http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=44598&sid=4

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de fevereiro de 2017 em Informática, Privacidade

 

Tags: , , , ,

Comunidade LibreOffice Brasil anuncia o Guia de Introdução ao LibreOffice 5.0

guia_libreoffice_5A Comunidade Brasileira do LibreOffice anuncia a disponibilidade do Guia de Introdução ao LibreOffice 5.0, contendo as inovações e melhorias da versão 5.0.

O guia contém 14 capítulos e 2 apêndices e cobre todos os 6 módulos do LibreOffice, além de abordar os assuntos relacionados a estilos, macros, personalização do software, impressão e exportação em PDF, gráficos e imagens, formatos de arquivos, formatos Open Document Format e sobre o Software Livre.

Baixe o Guia de Introdução ao LibreOffice 5.0 aqui: http://documentation.libreoffice.org/assets/Uploads/Documentation/pt-br/GS50/GS50-IntroducaoLO-5.0-ptbr.pdf

 

 
1 comentário

Publicado por em 9 de janeiro de 2017 em Informática, Software Livre

 

Tags: