RSS

Itália proíbe imposição do MS Windows em computadores novos

30 out

Anti-MS

O Supremo Tribunal italiano proibiu a prática de forçar os usuários a pagar por uma licença pré-instalada do Windows quando compram um novo computador. ‘Uma vitória para software livre sobre o Imposto Microsoft’, é o título do artigo da Free Software Foundation, com o anúncio de uma decisão que pode ser relevante na indústria de tecnologia.

É uma prática comum do mercado que os novos computadores venham com Windows pré-instalado de fábrica, com raríssimas exceções. E não é algo voluntário, acontece se você quiser ou não, mesmo que decida instalar sistemas alternativos como o GNU/Linux ou outro Windows se você tiver uma licença anterior.

Isso acabou na Itália quando o Supremo Tribunal decidiu sobre uma demanda de 2005,  apresentada por um usuário com o apoio da ADUC – Associação de Consumidores e da Free Software Foundation Europe, que reivindicava o direito à restituição da licença Windows do computador comprado.

O Supremo italiano raciocinou da seguinte maneira: ‘O software pré-instalado não é como vender um carro com seus componentes (todas as 4 rodas, motor, etc.), que, por isso, são vendidos conjuntamente. A compra de um computador com software pré-instalado requer que o usuário aprove dois contratos separados: um quando você compra o computador, e, segundo, quando você ligar o computador pela primeira vez e é obrigado a aceitar ou não os termos da licença software pré-instalado.’

‘Então, se você não aceitar a licença do software tem o direito de manter o computador e instalar outro software sem ter que pagar a licença do Windows.’

Com base nessa decisão, os fabricantes da Itália estão legalmente obrigados a devolver o dinheiro caso um comprador queira colocar outro sistema operacional no computador e não aceite o contrato de licença. De acordo com a decisão (alinhada com decisões anteriores do sistema judicial francês), toda prática comercial que impede o usuário de obter um reembolso, ofende as regras que protegem a liberdade de escolha dos consumidores e a concorrência entre as empresas.

A decisão também exige que os fabricantes divulguem o valor do reembolso da licença do Windows em PCs novos e o processo para os usuários solicitarem o reembolso, se assim desejarem.

 

Fonte: http://www.muycomputer.com

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de outubro de 2014 em Informática, Software Livre

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: